terça-feira, maio 02, 2006

ponto de vista

ponto de vista
pontudo
agudo
no ponto
não morto
afiado
na lata
assinado
na ata
odiado
me mata
se incompreendido
não ata
motivos
pra constar
na errata

meu ponto de vista
são listras
de zebras
azedas e ébrias
que fogem
das sendas
e pousam
em moendas
não medram
ao ataque
mas temem ao Iraque

nãoháque !
nãoháque !
nãoháque!

meu ponto de vista
é um porto seguro
desliza no duro
masnuncaemcimadomuro
o ponto de vista
é de uma trapezista
sob viés anti-hitlerista

resista!

5 comentários:

Fred Neumann disse...

Estiplacf!
Boa mesmo a sensação de quebrar o silêncio, ainda mais descobrindo outra blogueira poeta!
Esse Santo Antônio Jackson é criação de quem?
Bom, muito bom.
Marisy D´López, não sei porque, me lembrou a Zadie Smith de " Dentes Brancos".Posso dizer que me diverti com a noite inaugural em seu blog.
Obrigado!

Fred Neumann
http://fredneumann.blogspot.com

orlando, Ronaldo disse...

hoje li sobre o silêncio inadequado.
quadro a quadro.
então eu rompo o silêncio e vou te lendo, fazendo ruídos no wafer de morango.
beijo, adorei "vilanias são cabeças de alfinete".

leia http://www.van-blog.blogger.com.br/. vais gostar.

Anônimo disse...

Nice colors. Keep up the good work. thnx!
»

Anônimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

Anônimo disse...

I find some information here.