domingo, maio 07, 2006

alienígenas na modorra

as alienígenas de um condado longínquo
não fazem parte do feudo normótico
a modorra dos seus dias sem arte é orvalho de estriquina no entusiasmo poroso
o fastio do templo nocturno esvazia
esgota a tolerância
eleva os níveis da náusea
faz a boca viver em bafos de suspiro
são seres em ponto de transição histórica
não estão lá
nem aqui
vivem o dilema do errante
porém sabem onde querem chegar.

9 comentários:

Anônimo disse...

matadoras!

priscila mendes disse...

(ai, essa faculdade que nunca acaba...)a modorra faz parte do percurso, alienígenas.

Fred Neumann disse...

Essas palavras que intrigam a gente: "longínquo ".
Quem foi o xaropesco que deixou esta palavra assim?
Seria tão mais fácil " longícuo".
Mas o mais fácil nem sempre é o mais poético.
Então, façamos de " longínquo" mais uma lenda entre os mistérios da língua portuguesa!

Anônimo disse...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»

Anônimo disse...

I find some information here.

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Keep up the good work. thnx!
»